Colaboração com o Museu da Pessoa

Essa semana concluímos as filmagens dos projetos que estou colaborando no Museu da Pessoa. Registramos as histórias de vida e memórias de pessoas indígenas e contadores de história. Quanto aprendizado, quanta força, quanta beleza, determinação, luta, resistência, consciência em cada vida e sua trajetória.
Volto pra casa agradecida e profundamente transformada por cada encontro, sentindo cada história como parte da minha.
Quando escolhi ser documentarista, o fiz por vontade de seguir aprendendo e compartilhando com todos nós o que cada Ser humano generosamente me permitia conhecer. Também por acreditar que as mudanças necessárias em nossa sociedade se iniciam a partir da escuta, do sentir e se reconhecer no outro, na possibilidade de ampliar vozes minoritárias e expandir seus saberes e visões de mundo. Assim vamos ajudando a desfazer preconceitos, julgamentos equivocados. Vamos nos percebendo diferentes mas tão humanamente parecidos.

Esse trabalho também é a realização de um grande sonho. Sempre sonhei em trabalhar para e aprender com o Museu da Pessoa. Agradeço imensamente meu parceiro de jornada, Jonas Samaúma, que me abriu esta porta e convidou para acompanhá-lo registrando as entrevistas.

Vida longa às memórias dos povos originários desta Terra e seus direitos de existência plena.
Viva os saberes enraizados nas culturas orais e as histórias populares que seguem ressonando por seus contadores e guardiães.

Não há mais tempo para desamor

Juntos somos imensidão

Toda Vida é uma Obra de Arte

#museudapessoa #todavidaéumaobradearte
@ Museu da Pessoa

 

Sponsored Post Learn from the experts: Create a successful blog with our brand new courseThe WordPress.com Blog

Are you new to blogging, and do you want step-by-step guidance on how to publish and grow your blog? Learn more about our new Blogging for Beginners course and get 50% off through December 10th.

WordPress.com is excited to announce our newest offering: a course just for beginning bloggers where you’ll learn everything you need to know about blogging from the most trusted experts in the industry. We have helped millions of blogs get up and running, we know what works, and we want you to to know everything we know. This course provides all the fundamental skills and inspiration you need to get your blog started, an interactive community forum, and content updated annually.

Colaboração com relato de experiência para Maloca – Revista de Estudos Indígenas do CPEI da Unicamp

Logo mais tem o lançamento da 1a edição da Maloca, Revista de Estudos Indígenas do CPEI da UNICAMP.

Tenho a honra de colaborar com o relato de experiência “Flor Brilhante e as cicatrizes da pedra: impactos e percepções sobre a mineração nos limites de um Território Indígena”.
Esta edição tem como tema desenvolvimento e populações indígenas, com texto de abertura do pensador indigena Ailton Krenak, e já está disponível para leitura em http://www.ifch.unicamp.br/malocacpei .

Vida longa às Ciências Sociais e aos saberes dos povos originários desta Terra.

Sobre a Maloca :
Revista de Estudos Indígenas do Centro de Pesquisa em Etnologia Indígena é uma iniciativa do corpo discente do Programa de Pós-Graduação em Antropologia Social da Unicamp e intenciona divulgar os resultados de pesquisas sobre temas caros às questões ameríndias. Em especial, pretende desenvolver um foro de diálogo transdisciplinar que promova o intercâmbio de ideias e permita o aprofundamento de conteúdos, teorias e metodologias no campo dos estudos indígenas. Particularmente, busca-se atrair e publicar pesquisas de pós-graduação, permitindo circular a diversidade de enfoques que se multiplicam nos programas de formação em torno de temas indígenas, tanto no Brasil como nos demais países americanos.

Curadoria para o Festival Ethnografilm, em Paris.

Amanhã começa o Ethnografilm, em Paris. Um festival de documentários e para diretores, que já exibiu Flor Brilhante e as cicatrizes da pedra em outra edição, e que este ano tenho a honra de participar e estreiar como uma das curadoras dos filmes. A proposta é incrível, as sessões são abertas, com vinho liberado e muita prosa com os autores. Quem estiver pela cidade Luz, fica a dica imperdível!

Flor Brilhante na Brown University, EUA.

Amanhã, 11.04, tem exibição de Flor Brilhante e as cicatrizes da pedra na Brown University, em Providence, EUA.

Uma das universidades mais antigas do país e prestigiosas do mundo está realizando uma mostra sobre a situação dos povos indígenas do Brasil para que sejam discutidos e pensados novos caminhos de ação e preservação das culturas indígenas e da natureza nestes tempos tão sombrios.

Fico contente que um trabalho independente, feito com tanta empenho e coração, continue sendo capaz de ocupar estes espaços e realizar o seu propósito ao longo dos anos. Desejo profundamente que possamos continuar produzindo trabalhos assim em nosso país, abrindo mais perspectivas de diálogo para criarmos uma sociedade mais justa, com consciência e respeito para com todas as formas de existência e de vida.

Mais informações: https://watson.brown.edu/…/spring-film-series-2019-screenin… @ The Brazil Initiative at Brown

Flor Brilhante encontra Milton <3

Amor e Beleza sem fim 🌻🙃 encontro mágico de @alfamor e sua Arte para o doc Flor Brilhante com o grande Ser inspirAmor Milton Nascimento 😍💛 gracias a la vida! Sem palavras para descrever tudo que este pássaro iluminado proporciona à sensibilidade humana. Sonho um dia também abraça-lo e escutar de pertinho suas palavras doces. Gracias, Paolita, por sua arte linda e tanta Luz!

leitura surpresa de O aprendiz de signifações ou palavras regadas ao vento

Dias atrás despertei com esta surpresa emocionante. O aprendiz de signifações ou palavras regadas ao vento, poema de Canção da Liberdade, soprado na beira de um rio no MT por essa moça linda que até então desconhecia ˜ ˜
˜ que estes versos que tanto me ensinaram sigam inspirando outras vidas e caminhos ˜ gracias por tanto!!

Canção da Liberdade em exposição no MACP/UFMT

Que momento mágico!
Trechos de meus poemas astrofísicos de Canção da Liberdade acompanham uma obra da exposição CIÊNCIAS EM MOLDURAS, no MACP/UFMT, em Cuiabá, entre os dias 30 de outubro e 24 de novembro.

Agradeço demais Lívia Bertges pela curadoria e conexão. Senti uma sincronia maravilhosa entre o livro e a obra e é uma alegria ver este poema tão “estranho” observado e expandido 🦅

CIÊNCIAS EM MOLDURAS apresenta fotografias, instalações e poemas em diálogo com conteúdos vinculados às Ciências Exatas. A partir de experimentações estéticas sugere-se refletir sobre as noções de limite. A proposta visa um alargamento das concepções de limite em perspectiva ampla, com o enfoque nas relações humanas, espaciais, temporais e matemáticas.

A exposição coletiva e híbrida é uma realização do Projeto de Extensão FisicArte, do Instituto de Física, em parceria com o Laboratório de Arquitetura e Urbanismo (Lab-Au) e o Grupo de Pesquisa Semióticas Contemporâneas (SEMIC/PPGEL) da Universidade Federal de Mato Grosso.

Horários de visitação:
2ª e 3ª: das 8:30h-11:30h e 12:30h-17:30h
4ª, 5ª e 6ª: das 8:30h-11:30h e 12:30h-21:00h
Sábados: 13:00h-18:00h
Feriados: 14:00h-20:00h

#cançãodaliberdade #poesiamatogrossense #poesiaautoral#poesiabrasileira #poesiacontemporânea #jaderainho#juntossomosimensidão #MACP #poesiaastrofísica #poesiaespacial @ Museu De Arte E De Cultura Popular UFMT

Canção da Liberdade no mundo

Esta semana Canção da Liberdade voou para o RJ, Argentina, Uruguai, Bélgica, Alemanha e EUA ~ uma sensação muito doida e linda poder compartilhar estes versos aprendizes com tantos de nós, em tantos lugares ~ em tempos de obscurantismo do saber e da produção do sensível e crítico, agradeço a todos que nos acompanham, às escolhas que fizemos e por termos resistido até aqui ~ hoje percebo que já não quero mais seguir apenas como resistência, me acomodar em ser uma espécie de sobrevivente ~ quero e acredito que podemos construir e florir, dar um passo além no mundo dentro da força e da beleza que somos ~

Flor Brilhante na Mostra de Cinema Indígena – CPEI na UNICAMP

Amigos de Campinas e região,
hoje começa a Mostra de Cinema Indígena 2018 – CPEI na Unicamp e amanhã estarei lá para a exibição de FLOR BRILHANTE E AS CICATRIZES DA PEDRA, no período da tarde, entre 15h e 18h.
Vamos?

para meu Coração de Estudante

Dia 10 fiz 33 anos e até hoje estou recebendo felicitações dos amigos. Agradeço os votos e as palavras de afeto, fortalecem e nutrem profundo! No sentimento desta data tão simbólica, me percebo mais madura e no entanto pequenina aprendiz..
É esse “Coração de Estudante” que desejo cultivar no renovar dos dias, para além da juventude e dos desafios do trajeto, aqui bem dentro do peito, humilde a escutar e cuidar mais.. saber da fé e da esperança.. do sonho que é a própria Vida e do Amor a ser destino e caminho todo instante.

A fé de Francisca

Queridos amigos de CUIABÁ,
neste sábado, as 17h no Sesc Arsenal, inaugura a exposição documental “A Fé de Francisca”, de Henrique Santian sobre vó Francisca, benzedeira de 104 anos da Chapada dos Guimarães 🙏

Um registro íntimo, cheio de afeto e sensibilidade sobre a força e missão raras desta entidade de puro Amor e serviço a humanidade. Tenho a honra de participar deste momento precioso com uma canção para a vó, composta em parceria com Paulo Monarco, a ser apresentada junto a outras homenagens de artistas da terrinha.

Vó Francisca é a presença de maior fé e pureza de coração que já senti. Uma vida centenária dedicada a cura e a caridade. É muita beleza e muito Amor. Um acontecimento emocionante, histórico. Venham